Bolsonaro diz que quer André Mendonça como “ministro evangélico” do STF

O presidente da República, Jair Bolsonaro, disse em entrevista ao SBT que seu primeiro indicado para uma vaga de ministro do STF tem grandes chances de ser André Mendonça, atual titular da Advocacia-Geral da União e desconhecido dos evangélicos.

Na entrevista ao “Poder em Foco”, do SBT, exibido na madrugada desta segunda-feira (23), Bolsonaro afirmou que “é fato” que André Mendonça é o mais cotado para ser o ministro “terrivelmente evangélico” do Supremo.

Mendonça desbancaria o juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro, e que era o preferido do eleitorado evangélico, tanto por ter crescido na Assembleia de Deus, como por sua atuação que lhe deu a fama de “Moro do Rio”.

Outro cotado era o juiz da 4ª Vara Federal de Niterói, no Rio de Janeiro, William Douglas, da Igreja Plena de Icaraí e preferido das chamadas “igrejas comunidades”, como também da Frente Parlamentar Evangélica.

André Mendonça, por sua vez, é da Igreja Presbiteriana Esperança de Brasília e é pouco conhecido pelos evangélicos, apesar do trabalho que vem realizando na AGU.

Bolsonaro também falou sobre o ex-juiz Sergio Moro, atual ministro da Justiça e Segurança Pública, que mantém uma popularidade maior que a do próprio presidente.

Ao falar sobre Moro, ele nega ter feito qualquer compromisso de indicar o atual ministro de seu governo e chega a jogar a responsabilidade para o Senado, que segundo ele poderia vetar sua indicação, já que a votação é secreta.

“Você tem que indicar pessoas que possam ser aprovadas [pelo Senado]. A votação é secreta. Eu nunca tive um compromisso: ‘Vou indicar o Sergio Moro’. Eu falei durante a campanha que seria alguém do perfil dele. Pode até ser ele. Agora, ele está fazendo um excelente trabalho na Justiça. Se ele continuar fazendo um bom trabalho, as chances dele [ir para o STF] diminuem”, disse.

 

Fonte Gospel Prime

O conteúdo do texto acima é de colaboração voluntária, seu teor é de total responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a opinião do Portal GospelMT.

Leave a Reply

Your email address will not be published.