Irritada com pregação no Metrô, passageira xinga evangelista: “Quero ouvir Beatles”

As pregações evangelísticas em veículos de transporte público sempre suscitam polêmicas e discussões sobre a legitimidade e/ou conveniência dessas iniciativas. Um exemplo é o incidente registrado, em vídeo, por um passageiro do Metrô de Recife (PE), que flagrou outra usuária do sistema xingando uma pregadora.

A cena de gritaria e afronta ganhou contornos de ridículo quando a passageira, incomodada com a pregação, passou a dizer que estava sendo atrapalhada em ouvir sua música. “Quero ouvir Beatles!”, berrava.

Num caso parecido, em junho de 2013, quando os cultos nos trens do Rio de Janeiro se tornaram alvo de diversas reclamações, a Justiça determinou a proibição desse tipo de manifestação religiosa.

O vídeo se tornou viral nas redes sociais na última quarta-feira, 25 de dezembro, dia de Natal. A ocasião se mostrou propícia para a pregadora, que aproveitou a data para falar de Jesus, o motivo da celebração.ANÚNCIO

De acordo com informações do portal JM Notícia, o caso se popularizou no Instagram e dividiu as opiniões dos usuários da rede social: enquanto alguns consideraram a atitude da passageira uma falta de respeito à pregadora – que se valia de seu direito de manifestação pública de fé – outros apoiaram a gritaria e xingamentos feitos.

“[…] Eu quero escutar Beatles! Ora m####, cale a boca, sua p###. […] Olhe, está vendo que é doida? É doida!”, disse a mulher, antes de fazer ameaças: “Remédio para doido, é outro batendo na porta”.

“Deixa eu escutar Beatles! Deixa eu escutar Rolling Stones! Deixa eu escutar minha música, c######”, voltou a repetir a passageira. “Jesus está querendo se livrar de você!”, berrou a mulher, claramente transtornada.

Em meio à confusão, outra passageira que já não suportava a gritaria com palavras de baixo calão, interveio: “Bom senso, bom senso!”. Assista:

Leave a Reply

Your email address will not be published.