É possível uma mulher ser ousada e discreta ao mesmo tempo ?

É possível uma mulher ser ousada e discreta ao mesmo tempo ?

333
SHARE

É possível uma mulher ser ousada e discreta ao mesmo tempo ?

Para você, qual é a qualidade que não pode faltar em uma verdadeira líder? Firmeza, seriedade e comprometimento podem ser respostas fortes, mas existe uma característica feminina capaz de ressaltar ainda mais todas as outras se usada com sabedoria: a discrição.

Pelo menos é isso que aprendemos a partir da saga da rainha Ester. Em meio a tantas outras mulheres, ela foi a escolhida para reinar. Mas, mesmo sendo extremamente bela, o que atraiu o rei Assuero foi exatamente o que ele não podia ver. O próprio nome da rainha já entrega a lição de sua história: Ester possui a mesma raiz da palavra hebraica “nistar”, que significa “oculto”.

Mesmo tendo um brilho oculto, quando Ester precisou ser ousada e até correr risco de morte para salvar seu povo, ela se manteve serena o tempo inteiro. Isso porque ela sabia que Deus a tinha incumbido de uma missão e que iria protegê-la. E, ao final, mesmo sendo a estrela do espetáculo, ela não tomou para si glória ou honra. Ela apenas pediu ao seu povo que continuasse com as orações e os jejuns, tradições que o povo judeu mantém viva até os dias de hoje.

Quantas mulheres hoje em dia não são conhecidas por exibir na televisão um corpo escultural? Com certeza a beleza enche os olhos de quem as vê e não há nada de errado em ser bela e ter um corpo em forma. Contudo, tanta preocupação com o físico nada significa diante de situações que exigem postura para solucionar problemas sentimentais, familiares e profissionais, entre outros.

A rainha Ester era reservada, discreta, humilde e modesta. E, além disso tudo, forte, pois em nenhum momento temeu perder a vida. O que mostra que a verdadeira força da mulher está onde não conseguimos ver. Ou você é capaz de enxergar a fé? São conceitos metafísicos, invisíveis aos olhos, mas sensíveis à alma.

Com relação à discrição, a escritora Cristiane Cardoso destaca que muitas mulheres não se dão conta da importância dessa característica na construção da reputação. Isso porque algumas tentam demonstrar bondade e gentileza com as outras pessoas, mas na hora de serem discretas não sabem por onde começar. “Mulheres que facilmente fazem fofoca sobre outras mulheres, que criticam os outros, falam de assuntos particulares com pessoas que não estão envolvidas na situação e são sarcásticas e rudes com os outros quase sempre estão no lugar errado, na hora errada e com as pessoas erradas. Não importa quão bonitas ou inteligentes sejam, a falta de discrição arruinará a sua reputação”, comenta Cristiane em um trecho de seu livro, “A Mulher V”, que destaca as características fundamentais daquela que quer crescer como mulher, esposa e filha de Deus.

É preciso entender que ousadia e discrição devem andar lado a lado. Tudo é uma questão de equilíbrio. Saber como falar e como se impor é essencial, mas tudo de forma serena. Isso fará com que a mulher seja vista como moderna e, ao mesmo tempo, equilibrada. “Se não há discrição, não há beleza e muito menos respeito. Se a beleza, que pode ser vista, é suprimida pela indiscrição, imagine o respeito e a honra”, complementa a escritora.

Share

NO COMMENTS

LEAVE A REPLY