Roteiros turísticos para ciclistas são atrações no Litoral Norte de Alagoas

Roteiros turísticos para ciclistas são atrações no Litoral Norte de Alagoas

373
SHARE
Casal atravessa foz do rio Maragogi, onde a água doce se mistura com o mar (Foto: Arquivo Pessoal/Erasmo Rocha)
Casal atravessa foz do rio Maragogi, onde a água doce se mistura com o mar (Foto: Arquivo Pessoal/Erasmo Rocha)
Casal atravessa foz do rio Maragogi, onde a água doce se mistura com o mar (Foto: Arquivo Pessoal/Erasmo Rocha)

Explorar praias e reservas naturais de mata atlântica pedalando sobre duas rodas é uma experiência bastante atrativa que pode ser desfrutada por ciclistas de várias idades no Litoral Norte de Alagoas. Os diversos roteiros da aventura, que seguem trajetos preestabelecidos pelo guia ao ritmo do turista, tem como ponto de partida o segundo polo turístico do estado, a cidade de Maragogi.

A proposta denominada Ecobike, do técnico ambiental e ciclista Erasmo Rocha, propõe a prática do turismo aliada à atividade física e ao contato com a natureza. “É uma forma de turismo não tão convencional em Alagoas. Porém, bastante disseminada em outros lugares e atrativa porque oferece ao turista a oportunidade de vivenciar o destino de uma forma mais livre, ecológica e saudável”, expõe Erasmo ao enfatizar que não há limite de idade para os passeios ciclísticos realizados à beira mar e na zona rural do município.

Para ciclistas amadores e iniciantes há roteiros curtos de dificuldade leve com percursos de até 5 km. Para os experientes e até mesmo profissionais, trajetos que podem ultrapassar até os 25 km. Os fáceis podem ser feitos até mesmo por crianças e idosos. Isso porque o ritmo da pedalada é o turista quem define, assim como, o roteiro e o cenário que o convém”, explica.

Quem optar pedalar à beira mar, sobre trechos de areia e sítios de coqueirais, há dois roteiros bastante atraentes: um que segue até as praias de Japaratinga e outro até a praia de Ponta de Mangue. Destinos que possuem passagem por rios que se encontram com o mar e paradas para banhos em praias quase desertas.

Trilha na zona rural possui trechos onde o percurso é feito em reserva de mata Atlântica (Foto: Arquivo Pessoal/Erasmo Rocha)
Trilha na zona rural possui trechos onde o percurso
é feito em reserva de mata Atlântica
(Foto: Arquivo Pessoal/Erasmo Rocha)

Quem optar pedalar à beira mar, sobre trechos de areia e sítios de coqueirais, há dois roteiros bastante atraentes: um que segue até as praias de Japaratinga e outro até a praia de Ponta de Mangue. Destinos que possuem passagem por rios que se encontram com o mar e paradas para banhos em praias quase desertas.

Aos que buscam cenários rurais, há trajetos como a trilha Marrecas, que leva o ciclista por estrada de terra até um casarão histórico, com direito a provar cachaça destilada de alambiques artesanais e doces de frutas; e a trilha do povoado Cachoeira, local que possui uma reserva de mata atlântica com árvores centenárias e bicas de água natural.

Cada roteiro custa em média R$ 50 por pessoa. Valor que inclui o aluguel da bicicleta e de equipamentos de segurança como capacete, e o acompanhamento do guia. Para quem deseja explorar o destino turístico por conta própria pedalando sobre duas rodas, o aluguel da bicicleta, sem o serviço do guia, custa R$ 15. Nas duas situações é necessário agendamento prévio para marcação de horário e reserva das bicicletas, procedimento que pode ser feito pelo telefone (82) 9338-8189.

Share

NO COMMENTS

LEAVE A REPLY