Senhor, eu resolvo

Senhor, eu resolvo

81
SHARE

“Senhor, eu resolvo dar aos pobres a metade dos meus bens; e, se nalguma coisa tenho defraudado alguém, restituo quatro vezes mais” (Lc 19.8).

A vida é feita de decisões. Não somos o que sentimos nem mesmo o que falamos, mas o que fazemos. Na vida, precisamos fazer escolhas. Alguns fazem más escolhas e colhem os resultados nefastos dessas escolhas insensatas. Outros fazem escolhas boas e colhem os frutos benditos dessas escolhas sábias. O texto em relevo mostra a decisão de Zaqueu, maioral dos publicanos, radicado na cidade mais antiga do mundo, a cidade de Jericó. Ele liderava um grupo de coletores de impostos. Ele oprimia e defraudava o povo, arrecadando mais do que era devido. Acumulou riquezas usando esse expediente de exploração. Ajuntou tesouros da iniquidade.

No dia que Jesus o encontrou na cidade de Jericó, porém, sua vida foi transformada. Como prova de sua genuína conversão, duas atitudes foram tomadas: restituição e generosidade. Ele resolveu restituir quadruplicadamente o que ajuntara de forma desonesta e repartir generosamente a metade de sua fortuna.

Hoje, você e eu precisamos, também, resolver algumas coisas. O que vamos resolver?

Em primeiro lugar, eu resolvo buscar as primeiras coisas primeiro. Devemos amar a Deus de todo o nosso coração e ao nosso próximo como a nós mesmos. Devemos buscar em primeiro lugar o reino de Deus e a Sua justiça. Devemos adorar a Deus, servir ao próximo e usar as coisas ao invés de amar as coisas, usar as pessoas e nos esquecermos de Deus. Uma coisa boa fora de foco pode nos levar à ruína. As dádivas de Deus não podem ocupar o lugar de Deus em nossa vida. Quando substituímos Deus pelas dádivas de Deus; quando substituímos o Criador pela criatura; quando nos deleitamos mais nas bênçãos de Deus do que no Abençoador, estamos em franco declínio espiritual. É tempo de realinhamos nossa vida para buscarmos as primeiras coisas primeiro.

Em segundo lugar, eu resolvo investir mais em minha família. A nossa casa precisa ser um lugar onde Jesus seja acolhido com alegria, onde a salvação seja celebrada com entusiasmo, onde a justiça seja praticada com constância e onde a generosidade seja praticada com prazer. Nossa família deve ser o alvo dos nossos mais elevados afetos e dos nossos maiores investimentos. Investir na família é semear num campo fértil, que nos dará uma farturosa colheita.

Em terceiro lugar, eu resolvo cultivar uma vida devocional mais abundante. A correria da vida, não raro, priva-nos das coisas mais excelentes. Deleitarmo-nos em Deus através da oração e saborearmos os manjares de Deus através da meditação de Sua Palavra constituem o alicerce para uma vida abundante. Resolva estudar a Bíblia com mais constância, a orar com mais fervor e a restabelecer a prática do culto pessoal e doméstico, não permitindo que nenhuma outra agenda prive você desse inaudito privilégio.

Em quarto lugar, eu resolvo ser uma bênção em minha igreja local. Você deve florescer onde está plantado. Aqui é o lugar de você colocar seus dons e talentos a serviço de Deus e do próximo. Aqui é o lugar de você ser um ministro da reconciliação e um pacificador. Aqui é o lugar de você investir na vida das pessoas que chegam, para que elas sejam integradas e possam crescer no conhecimento e na graça de Cristo. Aqui é o lugar de você consolar, encorajar e fortalecer seus irmãos na fé. Aqui é o lugar de nos alegrarmos com os que se alegram e chorarmos com os que choram. Aqui é o lugar de você ser um abençoador!

:: Hernandes Dias Lopes

Share

NO COMMENTS

LEAVE A REPLY