Tente lembrar

Tente lembrar

314
SHARE

Tente lembrar

Ensinando-os a guardar todas as coisas que eu vos tenho mandado; e eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos. Amém […] Quero trazer à memória aquilo que me pode dar esperança” (Mateus 28.20; Lamentações 3.21).

Lembrar é fazer o passado vivo no presente, existem coisas que devem permanecer mortas, pois quando Cristo nasce em nosso coração, o antigo passa e tudo se faz novo; entretanto, aqueles que andam no Espírito vivem em novidade de vida (Romanos 6.4). É intrínseca a vida em Cristo, a particularidade de fazer novas todas as coisas. E ainda que o tempo cronológico do dia a dia siga seu curso como águas que vão para o mar, as vitórias que Deus nos deu hoje, se andamos no Espírito e vivemos em novidade de vida, não serão apagadas pelo tempo. Por isso, podemos e devemos ter bem guardadas em nosso interior as experiências de vitórias que Deus nos dá nas pequenas e grandes situações de nossa nova vida em Cristo.

Jesus deixou muito claro que após aprendermos seus ensinamentos, poderíamos contar com sua presença todos os dias, até o fim. Todo dia enfrentamos novos desafios, não poucas vezes nossa alma é apertada pelas agruras da vida (Salmos 102.1-7); entretanto, a cada luta na vida do verdadeiro Cristão há uma vitória para contar.

O grande desafio é: Viver a vitória antes de a luta terminar. Quando Israel foi abolido da escravidão no Egito, viveram maravilhas, o texto de Êxodo 15.19-20 deixa claro que após a derrota e afogamento dos soldados, cavalos e carruagens de Faraó no mar, Míriam dançou na presença de Deus, mas por que Míriam não dançou antes de o mar abrir? Certamente abriria. O melhor momento para celebrar é o interregno entre a palavra liberada e o milagre executado, porém, é nesse interregno que muitos perdem a fé, voltam em convicção e, por isso, não veem o milagre na vida. Míriam viveu um milagre coletivo, pois todo Israel estava amparado na fé de Moisés, mas certamente ela teria, como teve em sua vida, momentos que dependeriam somente de sua fé.

Por vezes, desafios estão à nossa frente e não encontramos forças para enfrentá-los, reclamamos com o coração antes que ele tenha tempo de se recuperar das pancadas na vida. Nesse exato momento precisamos ter um olhar certeiro ao passado de nossa nova vida em Cristo, vislumbrar os milagres que ele já fez em nós e por meio de nós, pois todos com certeza temos milagres em nosso histórico com Cristo. Tente lembrar: alguma vez Jesus lhe abandonou? Ele prometeu que estaria conosco todos os dias, nosso Deus não mente. Nele podemos nos alegrar, e com ousadia declarar que o Deus a quem servimos nunca falhou e não falhará.

Trazer à memória o que pode nos dar esperança deve ser nosso exercício de fé diário, o inimigo de nossa alma quer tomar a fortaleza de nossas convicções, para no momento de nossos maiores desafios, desacreditarmos no milagre e sem fé não é possível agradar a Deus (Hebreus 11.6), roubando-nos assim a paz, o equilíbrio e o rumo certo.

Creia querido(a), o Deus que lhe tirou do Egito, aboliu sua escravidão, não lhe abandonará na praia do mar, seja ela qual for. Não lhe deixará a mercê dos inimigos, sejam eles quais forem. O Nome de Jesus é força, é fôlego de vida, é a misteriosa agua viva, ele é Santo, Santo, Santo… Todo poderoso que é, era e há de vir, Ele é atemporal. Desde antes e depois de tudo. SENHOR, eterno sobre a eternidade, Soberano acima da soberania, esse mesmo é que prometeu estar conosco todos os dias até o fim.

Fotos: Internet

:: Pr. Romney Cruz

Share

NO COMMENTS

LEAVE A REPLY